quarta-feira, 9 de março de 2011

Vida


Como se mostra a vida, um suspiro forte e intenso, uma passagem fragil e forte. Afinal qual sentido de vida, um amor quem sabe? Todos buscamos uma ideologia para a dificil e pratica tarefa de viver de se tornar um ser realmente pensante.
Não queremos ser mais um a viver, pelo menos, eu não quero. Quero fazer a diferença tentar ser quem sou, buscar minha verdade. De repente esse é o sentido da vida, tentar encontrar uma verdade oculta.. uma busca impossivel quem sabe.
Só assim continuamos vivendo, buscando sempre o impossivel e sabendo que apenas assim se torna possivel a benção de viver.

Nenhum comentário:

Postar um comentário