quarta-feira, 9 de março de 2011

Vida


Como se mostra a vida, um suspiro forte e intenso, uma passagem fragil e forte. Afinal qual sentido de vida, um amor quem sabe? Todos buscamos uma ideologia para a dificil e pratica tarefa de viver de se tornar um ser realmente pensante.
Não queremos ser mais um a viver, pelo menos, eu não quero. Quero fazer a diferença tentar ser quem sou, buscar minha verdade. De repente esse é o sentido da vida, tentar encontrar uma verdade oculta.. uma busca impossivel quem sabe.
Só assim continuamos vivendo, buscando sempre o impossivel e sabendo que apenas assim se torna possivel a benção de viver.

sábado, 27 de novembro de 2010


Definir a música não é tarefa fácil porque apesar de ser intuitivamente conhecida por qualquer pessoa, é difícil encontrar um conceito que abarque todos os significados dessa prática. Mais do que qualquer outra manifestação humana, a música contém e manipula o som e o organiza no tempo. Talvez por essa razão ela esteja sempre fugindo a qualquer definição, pois ao buscá-la, a música já se modificou, já evoluiu. E esse jogo do tempo é simultaneamente físico e emocional. Como "arte do efêmero", a música não pode ser completamente conhecida e por isso é tão difícil enquadrá-la em um conceito simples.

A música também pode ser definida como uma forma linguagem que se utiliza da voz, instrumentos musicais e outros artifícios, para expressar algo à alguém.





mais uma da serie quando não há nada para fazer escrevo:

Não sei o quanto esperar, talvez em alguma hora vai passar.Em inércia viajaremos na positividade esperando uma possibilidade de ainda existir o amor.
Quero ser poeta, quero ser cantor, mas só choro por amor.Sem ingenuidade e pudor somente você traz a dor, e na espiral do ser, com o mais puro enrolar dos olhares me diz que são inversas nossas polaridades.

autor: Rafael Holanda de Brito

Jorge Vercillo - arco iris

domingo, 4 de julho de 2010

Amar é


já pararam pra pensar que importância o amor tem em nossas vidas? As vezes questionamos sua existência, as vezes rezamos para um amor não ter fim ! Por muitas vezes ainda temos que aprender a amar, a compreender, a perdoar, a respeitar .O amor em muitas situações pode ser definido por muitos sentimentos, muitos adjetivos.
Mas não será possível nem com avanço tecnológico nem com o mais geniais dos cientistas definir o que seria realmente o amor. De tão simples pronuncia e tão complicada definição, todos dependemos dessa palavra o que seria do mundo afinal sem o amor .
Acho um erro concretizar meu texto aconselhando seus leitores que amem mais e que dêem mas importância a vida que tem. Seria total hipocrisia achar que depois de ler o texto seguissem meu conselho. O que tenho a dizer é que apenas busquem a paz que é existente em cada um de nos que com naturalidade o amor surgirá e mostrará seu sentido! pratiquem o amor sem pensar em pratica-lo!

Rafael Holanda

segunda-feira, 28 de junho de 2010

O Mundo é um moinho



Ainda é cedo, amor
Mal começaste a conhecer a vida
Já anuncias a hora de partida
Sem saber mesmo o rumo que irás tomar

Preste atenção, querida
Embora eu saiba que estás resolvida
em cada esquina cai um pouco tua vida
Em pouco tempo não serás mais o que és


Ouça-me bem, amor
Preste atenção o mundo é um moinho
Vai triturar teus sonhos tão mesquinhos
Vai reduzir as ilusões a pó


Preste atenção, querida
De cada amor tu herdarás só o cinismo
Quando notares estás à beira do abismo
Abismo que cavaste com os teus pés

''cartola''